Jales e Fernandópolis unidas buscam manter ambulatório e fortalecer Hospital de câncer.
  • 08Jun
  • 160

Jales e Fernandópolis unidas buscam manter ambulatório e fortalecer Hospital de câncer.

O prefeito Pedro Manoel Callado Moraes reuniu em seu gabinete na manhã de segunda-feira 6 de junho, representantes da sociedade civil de Jales e Fernandópolis, oportunidade em que foram apresentadas e debatidas propostas de ações conjuntas visando encontrar soluções para problemas no setor da saúde que os municípios enfrentam atualmente.

Presentes representantes do Hospital de Câncer de Barretos/Unidade de Jales, Santa Casa de Misericórdia de Jales, sindicatos, clubes de serviços, ACIJ, Ministério Público Federal, OAB, Fórum da Cidadania, AVCC de Jales e Fernandópolis, Associação dos Amigos de Fernandópolis, vereadores e representantes de partidos políticos. O deputado Fausto, juntamente com assessores dos deputados Rodrigo Garcia e Itamar Borges, e suplente de deputado estadual Gilmar Gimenes também participaram. O senador Aloysio Nunes Ferreira também se fez representar. 

Roger Dib, gerente administrativo do Hospital de Câncer de Barretos/Unidade de Jales fez uma exposição destacando os problemas enfrentados pela instituição que representa inclusive a possibilidade do fechamento do ambulatório de Fernandópolis. Junior Ferreira, provedor da Santa Casa de Jales, falou sobre a necessidade de reconhecimento federal, elevando para a categoria estratégico, o seu hospital. 

Durante a reunião, o prefeito Pedro Callado enfatizou a importância da união de forças políticas e comunitárias na busca de soluções para impedir o fechamento do ambulatório de Fernandópolis e fortalecer o hospital de Jales, afirmando: “Quero registrar que Jales está ao lado de Fernandópolis nessa luta. Vamos juntos, unir forças para impedir o fechamento.”

Em relação à Santa Casa de Jales, Callado ressaltou que o hospital precisa de mais atenção das autoridades governamentais. “A Santa Casa vem lutando para ser elevada a nível estratégico. Vamos nos mobilizar para que esta reclassificação se concretize de fato, garantindo ao hospital recursos para continuar atendendo com excelência toda região.”


Após debates, os presentes aprovaram a elaboração de uma “carta aberta” explicitando as propostas apresentadas, para conhecimento geral e encaminhamento ao Ministério Público Federal de Jales, Ministério da Saúde e ao governador Geraldo Alckmin. 

No próximo sábado (11/06), será realizado um movimento na Praça Joaquim Antonio Pereira, em Fernandópolis, com lideranças políticas regionais e a população em prol do mesmo objetivo. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Jales.

Categorias
Outras Postagens
Instagram
Facebook