periodontite

A falta de higienização adequada e cuidados específicos com a saúde bucal podem causar problemas de periodontite, uma doença inflamatória que pode levar a perda dos dentes e não ser tratada.

Entender melhor o que é este problema, causas e sintomas são formas de se prevenir e cuidar corretamente da sua boca.

O que é periodontite?

A periodontite é uma infecção e inflamação crônica que afeta a gengiva. Essa doença periodontal é resultado de um agravamento de uma gengivite (inflamação dela), esses danos se estendem para o periodonto, tecido que fica entre a mandíbula e os dentes.

Isso faz com que o dente aos poucos perca o seu suporte e uma hora pode cair. No entanto, esse problema costuma ocorrer quando a doença já se encontra em um estágio avançado.

Outro fator que piora são as bactérias e substâncias inflamatórias que causam a periodontite que podem parar na corrente sanguínea e desencadear sérios problemas no corpo.

As consequências da periodontite são gravíssimas, já que a sustentação dos dentes fica muito comprometida, o que pode levar à perda. É uma doença irreversível e essa perda da estrutura óssea tende a aumentar, exigindo um tratamento odontológico de imediato.

Os dentes também são afetados, ou seja, a aparência fica comprometida, com eles tortos ou separados, problema que pode exigir o uso de aparelho autoligado para correção. 

Outro fator que prejudica os dentes é que a periodontite vai amolecendo-os, prejudicando as funções bucais no dia a dia.

Sintomas

Existem alguns sinais que podem ser indícios da periodontite. Então, os principais sintomas da doença periodontal são:

  • Gengiva inchada e muito vermelha;
  • Mau hálito;
  • Inchaço na gengiva;
  • Sangramento na gengiva após comer ou escovações;
  • Amolecimento dos dentes;
  • Dentes tortos e o aumento de espaço entre eles;
  • Sensibilidade dentária;
  • Dores;
  • Acordar com sangue no travesseiro;
  • Alterações no paladar.

A periodontite pode ser identificada afetando apenas um ou mais dentes e até de forma generalizada, afetando todos os elementos dentários ao mesmo tempo. As alterações na aparência deles é o ponto que mais chama atenção.

Como ter a confirmação do diagnóstico?

O diagnóstico da doença periodontal é feito após uma avaliação no dentista, onde ele observa a gengiva e os dentes da pessoa, além do histórico de saúde, em que investiga os hábitos e se o uso de medicamentos pode estar causando o problema.

Para a confirmação da periodontite, o dentista pode solicitar um raio X panorâmico para conseguir avaliar o nível de perda óssea. 

Caso a periodontite seja confirmada, o dentista encaminha o paciente para o profissional especialista que pode ajudar no tratamento do caso.

Ter a confirmação do diagnóstico é muito importante para conseguir cuidar da doença e assim, se houver a necessidade de outros procedimentos como canal dentário, é possível realizá-lo com segurança e considerando o caso de periodontite.

Causas

A principal causa da periodontite é a formação da placa bacteriana e tártaro entre a gengiva e os dentes, algo que gera uma inflamação crônica nela.

O desenvolvimento de bolsas que contêm bactérias, placas e tártaro entre os dentes e a gengiva podem levar a uma infecção profunda e nos casos mais graves a perda do tecido ósseo e dos dentes. Alguns dos fatores que podem aumentar o risco de periodontite são:

  • Histórico familiar;
  • Diabetes tipo 2;
  • Má higienização bucal;
  • Tabagismo;
  • Obesidade;
  • Alterações hormonais;
  • Deficiência de vitaminas;
  • Medicamentos afetam a produção de saliva;
  • Doenças prejudicam o sistema imunológico.

Estes são alguns fatores que podem aumentar o risco da doença periodontal e afetar os elementos dentários, exigindo a realização de procedimentos como canal no dente e outros que ajudam a tratar o problema.

Como a periodontite pode ser tratada?

O tratamento da periodontite envolve uma raspagem da raiz do dente, processo feito com aplicação de anestesia. 

Isso é necessário para remoção do tártaro e bactérias que prejudicam a estrutura óssea que sustenta o dente. Alguns casos exigem o uso de antibióticos.

O procedimento cirúrgico também é indicado, mas para casos mais graves. Essa opção possibilita uma raspagem mais profunda da raiz do dente ou higienizar áreas extremamente prejudicadas. A cirurgia pode ser realizada tanto na raiz como na gengiva.

Ter cuidado com a higienização é primordial para o sucesso do tratamento e impedir o avanço da periodontite. 

Sendo assim, é importante ter um cuidado especial com a limpeza da boca, seja para manter o aparelho dentário em boas condições ou para evitar a periodontite.

Consultas periódicas no dentista é outra parte importante do tratamento, assim o profissional consegue ajudar no controle da inflamação, evitando que a doença avance rapidamente.

Com isso, o tratamento dessa doença leva tempo e paciência, o que é muito diferente de outros procedimentos, como de um preenchimento de olheiras.

Portanto, manter uma boa higienização bucal e cuidados especiais são essenciais para uma boa saúde bucal e evitar problemas de periodontite, assim poderá ter uma vida mais saudável.

Para mais conteúdos relacionados à Marketing Digital, Cultura, Negócios, Saúde, acesse nosso portal.